Benefícios do chimarrão

Heloo meninas! Mais uma vez venho falar para vocês das ervas maravilhosas que contribuem muito para nossa dieta, hoje em homenagem as gauchinhas de plantão vou falar do erva-mate, ou como é mais conhecida: O chimarrão. Essa erva que é tradição no Rio Grande do Sul, traz muito benefícios, não é à toa que a top model mais famosa do famosa do mundo é gaúcha…

Certo dia meu pai (que de gaúcho não tem nada) resolveu experimentar o chimarrão e curtiu, não vive mais sem, e resultado: emagreceu bastante! Foi então que resolvi experimentar também para ver se funcionava mesmo a assim fui atrás dos benefícios que a erva oferece e fiquei surpresa com a infinidade de coisas boas que o chimarrão nos proporciona, vamos lá:

  • Segundo nutricionistas a erva garante uma redução de 2kg por semana, isso mesmo!! Mas para isso você precisa ingerir uma quantidade considerável, cerca de 1,5 litro todos os dias.
  • Análises e estudos sobre a erva-mate têm revelado uma composição que identifica diversas propriedades nutritivas, fisiológicas e medicinais no produto, o que lhe confere um grande potencial de aproveitamento. É extenso o rol de propriedades terapêuticas da erva-mate, de modo especial em razão da presença de alcalóides, como a cafeína, na sua composição.
  • O mate é estimulante da atividade física e mental, atuando beneficamente sobre os nervos e músculos eliminando a fadiga. Observa-se também que estimulante do mate é mais prolongada que a do café, sem deixar efeitos colaterais ou residuais como a insônia e irritabilidade.
  • O chimarrão atua sobre a circulação, acelerando o ritmo cardíaco e harmoniza o funcionamento bulbo-medular.
  • Age também sobre o tubo digestivo, facilita a digestão e favorece a evacuação e mictação.
  • É considerado ainda um ótimo remédio para pele e reguladora das funções do coração e da respiração, além de exercer importante papel na regeneração celular.
  • O chimarrão, segundo institutos de pesquisas internacionais, é um tônico estimulante do coração e do sistema nervoso: elimina os estados depressivos, conferindo ao músculo maior capacidade de resistência a fadiga, sem causar efeitos colaterais.
  •  Após estudos realizados sobre os efeitos fisiológicos exercidos pela erva-mate concluíram: O emprego da infusão aumenta as forças musculares, desenvolve as faculdades mentais, tonifica o sistema nervoso, regulariza e regenera as funções do coração e respiração, facilita a digestão e determina uma sensação de bem estar e vigor no organismo, sem acarretar depressões ou qualquer efeito colateral no organismo, como a insônia, palpitações ou agitações nervosas provocadas por outras bebidas similares, permite como bom alimento (natural) que sejam suportadas as fadigas e a fome.
  • Diurético, o chimarrão é um concorrente da cafeína. Se houvesse tarja no mate, estaria escrito atua como estimulante do coração e do sistema nervoso, elimina os estados depressivos e tonifica os músculos contra a fadiga e o cansaço. Não é apenas água e erva, tem complexo B, cálcio, magnésio, sódio, ferro e flúor.

Preparo:

Como eu moro sozinha me bati demais para aprender a fazer o chimarrão, depois de ver muitos vídeos no you tube consegui fazer mais ou menos, fica bem feio, mas o gosto é o mesmo.

  • A água a ser posta deve estar quente, não fervida, pois pode queimar a erva e infundir gosto infeliz de pneu queimado. A cuia tem capacidade de mais ou menos um copo, é cheia com erva até a metade, completando-se o resto com água quente. Quando o mate é de boa qualidade, pode-se escaldá-lo até dez ou 12 vezes sem renovar a erva.
  • A receita é simples, mas requer alguma habilidade manual, coisa que só a prática dá: a água tem que estar quente, mas não fervida (desligue a chaleira quando ela começar a chiar, não depois por isso é que chaleiras de aço não prestam para o bom preparo).
  • Enquanto a água esquenta, molhe a cuia por dentro, para aquecê-la. Coloque a erva, com a cuia meio de lado (mais ou menos a metade do volume interno da cuia). Com a erva por assim dizer encostada em um dos lados da cuia, bota-se a água, para firmar o morrinho.
  • Coloque a bomba quando a água posta para firmar o morrinho já foi absorvida pela erva, de forma que a bomba entra a seco (mas há quem a coloque com a água ainda ali); arrume o morrinho com o bulbo da bomba e está pronto.

Parece fácil né, mas eu apanhei demais para fazer, vamos lá meninas, tentem e depois me contem se conseguiram fazer…

As informações eu encontrei nos sites abaixo:

M de Mulher

Chimarrão.com

É isso meninas, termino assim a lista de chás que tomo para auxiliar na minha dieta, mesmo assim vou continuar procurando outras alternativas que possa ajudar vocês..

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s